Projeto de geração compartilhada de energia tem início em Toledo

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Projeto de geração compartilhada de energia tem início em Toledo

Foto: CIBiogás auxiliou na formação de parceria que viabilizou o projeto

Iniciativa é resultado da parceria entre o suinocultor, Luis Carlos Hoffmann, e a empresa Apolo Energia, que conta com o apoio do CIBiogás

O município de Toledo no Oeste do Paraná ganhará um empreendimento sustentável de geração de energia, a partir do biogás, nos próximos meses. A parceria para executar o projeto inovador foi oficializada na semana passada, entre o suinocultor Luis Carlos Hoffmann e a Apolo Energia, empresa especializada em arrendamento de sistemas de biogás e solar no âmbito da geração distribuída de energia elétricaA parceria conta com o apoio do Centro Internacional de Energia Renováveis-Biogás (CIBiogás).

O agricultor Luis Carlos Hoffmann, residente da Linha Tatu em Toledo, encontrou na produção do biogás uma boa alternativa para garantir a destinação correta para os dejetos dos 10,2 mil suínos de sua granja. "Em primeiro lugar pensamos no meio ambiente, pensamos em ajudar o mundo e ter uma referência sustentável aqui em Toledo", explicou o produtor.

A obra inclui a instalação do biodigestor e do gerador, deve ser concluída em aproximadamente seis meses, com um potencial para gerar 300 kWh. A energia elétrica será suficiente para atender toda a demanda da propriedade rural e o excedente será compensado em outras unidades consumidoras, com o intermédio da empresa Apolo Energia. Por isso, além de sustentável, o projeto terá viabilidade econômica para os investidores.

O sócio-diretor da Apolo Energia, Alex Seibel, explicou que o objetivo da empresa é atuar em projetos economicamente viáveis, mas que também ajudem a solucionar problemas ambientais, reduzir a emissão de gases do efeito estufa e amenizar os impactos do aquecimento global. "Essa é uma forma de transformar um passivo ambiental em ativo econômico. É um privilégio poder começar esse projeto junto com o CIBiogás, que tem sido um super parceiro", acrescentou.

De acordo com o sócio-diretor da Apolo Energia, Pedro Camanho, o segmento de energias renováveis, especialmente o biogás, está crescendo e gerando novas oportunidades de investimento no Brasil. Segundo a Associação de biogás e biometano (Abiogás), o país tem potencial para produzir cerca de 70 milhões de m³ de biogás por dia. "O biogás tem, em termos energéticos, uma oportunidade igual à do pré-sal. O potencial de produção de biogás no Brasil é enorme", ressaltou.

www.cibiogas.org

« Secretaria da Mulher prorroga pré-inscrições até dia 25, para cursos de pintora de obras e azulejista

Eleições 2018-Entrevistas com os pré candidatos a Deputado Federal por Guarapuava »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários